Quarta, 25 de Maio de 2022 19:34 84 98733 4107
Tecnologia Internet

Quatro oportunidades para quem deseja empreender no e- commerce em 2022

De acordo com Marcelo Dantas, especialista em e-commerce e CEO da Estrela10, loja de departamentos virtual, 2022 será um ano de novos caminhos para quem deseja empreender no e-commerce.

28/01/2022 11h15
113
Por: Adrovando Claro Fonte: Renata Viana
Quatro oportunidades para quem deseja empreender no e- commerce em 2022

O comércio eletrônico continua comemorando os bons resultados observados nos últimos dois anos e não há sinais de recuo deste crescimento, sobretudo porque as pessoas continuam evitando sair de casa e dão clara preferência para o comércio online, mantendo-se afastadas dos locais com aglomeração.

De acordo com Marcelo Dantas, especialista em e-commerce e CEO da Estrela10, loja de departamentos virtual, 2022 será um ano de novos caminhos para quem deseja empreender no e-commerce. “Há novos perfis de consumidores aderindo às compras online, ao mesmo tempo em que novas tecnologias surgem para tornar a prática ainda mais atraente”, afirma Dantas.

O especialista listou quatro oportunidades para quem deseja investir neste mercado. Confira:

1 - Adesão de novos usuários

Há uma grande parcela de consumidores que conheceram o e-commerce ao longo da pandemia e tendem a permanecer, se tornando clientes assíduos dos meios digitais. Se analisarmos por região, o Sudeste ainda se destaca em volumes de compras. Porém, as demais regiões têm apresentado crescimento significativo também, sobretudo o Nordeste. Atualmente, ele ocupa a segunda posição em total de vendas no e-commerce, concentrando 14,6% das que foram realizadas entre outubro e dezembro de 2020. A região Sul segue próxima, com 14,1% do total de pedidos realizados. “Ou seja, há muitas oportunidades fora do eixo Rio-São Paulo. Quem souber aproveitá-las, colherá excelentes resultados”, revela Dantas.

2 -- Vendas de nicho

Tudo pode ser vendido pela Internet e no futuro, assim será. De acordo com o especialista, há alguns mercados que ainda não foram totalmente explorados pelo e-commerce e devem começar a desabrochar na medida em que o comércio online cresce. Além disso, a grande vantagem é que as vendas de nicho atraem as pessoas certas. “Ao se tornar especializado em um produto, o varejista é capaz de compreender exatamente as necessidades daquele público e construir suas estratégias e o próprio site da melhor maneira para seus consumidores”, revela o CEO da Estrela10.

3 - Segurança como estratégia

Os novos consumidores que vêm descobrindo agora as facilidades do comércio digital ainda têm receio de informar dados pessoais para finalizar as compras, especialmente número de cartão e chave de segurança, requeridos no momento do checkout. Isso, muitas vezes, faz com que não arrisquem comprar em sites novos, dando preferência às lojas já conhecidas. Quanto mais as empresas investirem em segurança e transmitirem firmeza aos consumidores, maiores as chances de capturar clientes.

4 - Inserção do Metaverso no e-commerce

É fundamental estar atento às tecnologias capazes de aproximar a experiência de compra online e offline para atrair mais clientes. Por isso, uma tendência é a inclusão do metaverso no varejo eletrônico, por meio de ferramentas de realidade aumentada, por exemplo. “As possibilidades são infinitas. Marcas como Havaianas, O Boticário, Renner e Submarino já trouxeram experiências de conexão envolvendo entretenimento e comércio dentro de plataformas de games. Isso porque a jornada de compra está sempre mudando, se tornando cada vez mais imersiva e híbrida”, finaliza o especialista.

Sobre a Estrela10

A Estrela10 é um dos maiores sites de vendas do Brasil, com presença importante nos seis principais marketplaces atuantes no Brasil: Mercado Livre, B2W, Magalu, Amazon, Via Varejo e Carrefour. Para o ano que vem, a loja pretende expandir sua operação para mais quatro marketplaces.

Em 2021, entregou mais de 1,5 milhão de pedidos e 98% deles foram entregues dentro do prazo combinado com os clientes, proporcionando a melhor experiência de compra possível entregando qualidade, segurança e satisfação em cada pedido. Com dois Centros de Distribuição, localizados nas Cidades de Itajaí (SC) e Barueri (SP), a loja tem o compromisso de encantar consumidores, com o apoio de tecnologia de última geração. Em 2022, a Estrela10 deve atingir R$ 500 milhões em faturamento.

Ele1 - Criar site de notícias