Quarta, 25 de Maio de 2022 19:01 84 98733 4107
Geral Eventos

Eventos Corporativos são responsáveis por mais de 80% da ocupação do Centro de Convenções em 2022

Analisando as projeções sobre o público previsto, os eventos corporativos devem responder por 90% do fluxo de pessoas que visitarão o CCN, com cerca de 100 mil participantes.

07/03/2022 10h02
33
Por: Adrovando Claro Fonte: SECRETARIA DE TURISMO DO RIO GRANDE DO NORTE - SETUR
Eventos Corporativos são responsáveis por mais de 80% da ocupação do Centro de Convenções em 2022

O Centro de Convenções de Natal (CCN) deve ser palco de eventos corporativos durante todo ano, é o que indicam os dados de ocupação para o equipamento em 2022. Um exemplo disso é que dos 35 eventos já agendados para ocorrer entre março e dezembro, 29 deles terão como foco o mundo corporativo. São feiras de negócios, congressos e fóruns de debate, por exemplo, que devem corresponder a 83% do total de eventos previstos para o CCN no ano, um segmento em potencial visto que o turismo corporativo reduz a sazonalidade do setor.

Analisando as projeções sobre o público previsto, os eventos corporativos devem responder por 90% do fluxo de pessoas que visitarão o CCN, com cerca de 100 mil participantes. Esse número supera em quase 10 vezes o que é esperado para os eventos sociais no mesmo período, que devem receber cerca de 10.500 participantes.

Considerado um dos equipamentos para eventos mais bem estruturados do país, o Centro de Convenções de Natal possui três pavilhões, três blocos e a capacidade de receber simultaneamente até 16 mil pessoas. Os dados sobre ocupação indicam ainda que o Centro de Convenções já possui 100% de ocupação durante os finais de semana.

Para Ângela Braga, diretora de operações do CCN, os eventos corporativos ajudam a incrementar a economia do Estado, visto que o turista corporativo tem um perfil de alta rentabilidade, investindo em toda a cadeia do trade turístico e permanecendo mais dias no destino Obtendo uma experiência positiva, ainda pode retornar com a família para lazer. “Ao considerarmos que o gasto médio do viajante corporativo é de R$1.000 mil reais por dia, e que os eventos duram de três a cinco dias, o fluxo dos mais de 100 mil participantes pode somar a ordem de mais de R$ 500 mil no ano para a economia do Estado”, explicou a gestora do equipamento.

Para acompanhar as informações do equipamento confira no site http://www.centrodeconvencoesdenatal.rn.gov.br/

 

Ele1 - Criar site de notícias