Sábado, 27 de Fevereiro de 2021 12:46 84 98733 4107
Política Vacina

Enfermeira da UPA Pajuçara é a primeira vacinada contra Covid-19 em Natal

A campanha de vacinação na capital potiguar contra a Covid-19 teve início efetivamente nos quatro pontos de aplicação no sistema de drive-thru

24/01/2021 16h25
17
Por: Adrovando Claro Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação - PMN
foto: Alex Regis
foto: Alex Regis

A Prefeitura do Natal iniciou a vacinação contra a Covid-19 na cidade. Médico de formação, o prefeito Álvaro Dias aplicou a primeira vacina na técnica de enfermagem da UPA Pajuçara, Ednalva Maurício da Silva, 54 anos. O ato simbólico foi realizado no Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte.

“Esse é apenas o primeiro passo. Esperamos receber todas as doses necessárias para vacinarmos toda a população de Natal o quanto antes”, disse o prefeito, logo após aplicar a vacina. Ednalva Silva definiu o momento como “uma grande emoção”. E recomendou: “Digo para todos que não tenham medo. Se tivesse chegado antes, a vacina teria evitado muitas mortes”. 

A campanha de vacinação na capital potiguar contra a Covid-19 teve início efetivamente nos quatro pontos de aplicação no sistema de drive-thru. Além do ginásio Nélio Dias, a campanha está sendo realizada no shopping Via Direta, no Palácio dos Esportes e na Arena das Dunas, cobrindo as quatro regiões de Natal. Depois de aplicar a primeira vacina na cidade, o prefeito Álvaro Dias visitou os quatro “drives” acompanhado de auxiliares da Secretaria Municipal de Saúde e de outras pastas envolvidas na operação.

Neste primeiro momento, Natal conta com 12.235 doses, o que levou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) a adotar como estratégia inicial a aplicação do imunizante nos idosos residentes em instituições de longa permanência e nos profissionais da saúde que estão no enfrentamento direto à doença, com a comprovação do efetivo exercício de suas funções nas seguintes unidades: Upas, Hospital Giselda Trigueiro, Hospital de Campanha de Natal, Pronto Atendimento Odontológico Morton Mariz, maternidades públicas e privadas, prontos-socorros públicos e privados, UTIs e nos Centros de Enfrentamento à Covid-19 de Natal.

Já nas unidades do Hospital Universitário (HUOL), Hospital Maria Alice Fernandes, Hospital de Pediatria Nivaldo Júnior e João Machado, somente serão vacinados os profissionais que atuam diretamente no atendimento aos pacientes Covid. No caso do SAMU/Transporte Sanitário, serão vacinados os servidores intervencionistas. É importante que o profissional faça o cadastro no RN + Vacinas (https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/). 

Para receber as vacinas, os profissionais de saúde elegíveis para esta etapa inicial não precisam comprovar vínculo funcional, apenas apresentar a escala de trabalho do mês atual e a identificação com foto.

Sobre as demais vacinas, o prefeito Álvaro Dias disse que está buscando mais doses junto ao Ministério da Saúde. “O que recebemos ainda é muito pouco, mas estamos mantendo contato com o governo federal e esperamos logo poder ampliar esse processo”, explicou o gestor público, que completou: “O importante é que já conseguimos dar um primeiro grande passo nessa luta contra o coronavírus e pela vida”.

Álvaro Dias alertou para que outras pessoas que ainda não podem ser vacinadas evitem procurar os pontos de vacinação nesse momento. “Temos regras a seguir, sob orientação do Ministério da Saúde, e precisamos cumpri-las, até pela pouca quantidade de imunizantes que recebemos. Nesta largada da vacinação, apenas os profissionais de saúde e os idosos que estão em instituições de longa permanência podem ser vacinadas. Vamos lutar junto ao MS para que, o mais rápido possível, toda a população de Natal seja vacinada”, explicou.

 

Ele1 - Criar site de notícias