Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 19:31 84 98733 4107
Especiais Pets

Fogos de artifício: o vilão dos Pets nos jogos de futebol

Veja 10 dicas para tranquilizar seus bichinhos durante as comemorações.

31/01/2021 10h22
13
Por: Adrovando Claro Fonte: Pamela Lopes Fina
foto: Adrovando Claro
foto: Adrovando Claro

Final de campeonato é sinônimo de festa. E os torcedores não economizam no barulho, preparando muitas vezes para a comemoração a queima dos fogos de artifício. Como cuidar do pet já que por terem maior sensibilidade auditiva os bichinhos costumam sofrer em momentos como este?

Assim como nas festas de fim de ano, o barulho dos fogos de artifícios que marca a comemoração de cada gol é o vilão dos peludinhos e causa transtornos que podem deixá-lo agressivo, além da eliminação de fezes/urina, salivação excessiva, vômito, hiperatividade, hipervigilância, busca de atenção, fuga, postura abaixada/encolhida, vocalização e tremores. 

Para lidar com o problema, a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica do Centro Veterinário Seres, da Petz, orienta a realizar um trabalho de ‘força tarefa’ para habituar os bichinhos aos diversos barulhos, de uma maneira que se adaptem e não sintam medo nem estresse. "Com a audição muito mais sensível que a dos humanos, os pets sofrem com o estampido dos fogos, o que é muito comum não só em dias de jogos de futebol, mas também nas festas de fim de ano. No caso dos cães, coração acelerado, salivação excessiva e tremores são indicativos de que algo não está bem. Em pânico, os bichinhos podem ter reações inesperadas e se machucar. No caso de pets já doentes, o quadro de saúde pode se agravar", explica a Dra. Karina. 

Ela também conta que muitos tentam fugir nessas ocasiões e, por muitas vezes, podem ficar presos em portas, portões ou janelas; quebrar objetos ou até mesmo vidraças e se cortar ou ferir. "Há risco de atropelamento, pois o paciente pode escapar e ir para a rua. Se o artefato explodir muito próximo ao pet, pode lesionar o tímpano e, como consequência, comprometer a audição", acrescenta a veterinária. 

Para jogos de futebol tranquilos, a Petz/Seres elaboraram uma lista com 10 dicas muito especiais para acalmar você e seu pet no momento que estourarem os fogos. 

10 dicas para driblar o medo 

• Utilizar sons com barulhos de fogos e trovões, ou barulhos de TV ou som alto no momento em que tem alguém em casa para acompanhar, desviar o foco, interagir com o pet, assim ele não associa o medo com algo negativo e sim com uma atividade divertida; 

• Utilizar protetores auriculares próprios para pets; 

• Deixar disponível na residência feromônios sintéticos (liberados por meio de um difusor elétrico) que auxiliam na adaptação; 

• Para alguns pets que preferem se esconder, restringir o espaço e ficar quietinho num local. Exemplo: caixa de transporte "porto seguro"; 

• Deixar roupas, toalhas e ou cobertores com o cheiro dos tutores para que os pets se sintam protegidos; 

• Não punir, mostrar indiferença ao comportamento de medo, mas sempre se manter perto; 

• Usar recompensas positivas (petiscos, brinquedos); 

• Cães e gatos costumam se esconder nesses momentos de medo, por isso é importante deixá-los livres, não prender na coleira e manter em espaço livre para que não se machuquem; 

• No caso dos gatos, é comum que sumam da vista dos donos. Se a casa ou o apartamento forem seguros, com redes nas janelas e portões fechados, deixe o bichano por lá, evite ficar chamando para não estressá-lo mais; 

• Evite a automedicação, sem orientação do veterinário, pois há risco à saúde dos bichinhos. 

Sobre a Petz 

A rede de pet shop é a maior em número de lojas, somando 134 no País - em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Ceara, Pernambuco, Sergipe, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. 

Os espaços contam com profissionais especializados nos serviços de banho e tosa e, em algumas unidades, medicina veterinária. No final de 2018, a rede intensificou sua atuação em saúde com o lançamento do Centro Veterinário Seres que alia conhecimento científico a equipamentos de última geração. Soma-se a esta estrutura a unidade Petz Garden, com plantas, flores e material para jardinagem e piscina. 

Sobre o Centro Veterinário Seres 

Seres é uma marca do Grupo Petz, que tem como missão entregar o que há de mais avançado em medicina veterinária por meio de uma experiência única para pets e seus tutores. É por essa razão que todas as atuais Clínicas Veterinárias Petz estão se tornando Centro Veterinário Seres para entregar cada vez mais comodidade, conforto e saúde ao alcance de todos os tutores e seus pets, garantindo cuidados 24 horas (hospitais veterinários), atendimentos de emergência e medicina veterinária preventiva. 

 

Ele1 - Criar site de notícias