Sábado, 17 de Abril de 2021 23:28 84 98733 4107
Especiais Fauna

Fauna potiguar: Projeto Bichos da APA Bonfim-Guaraíra registra vida selvagem

Levantamento da fauna terrestre presente na região da Lagoa do Bonfim

21/03/2021 14h38
29
Por: Adrovando Claro Fonte: Idema - RN
 Fauna potiguar: Projeto Bichos da APA Bonfim-Guaraíra registra vida selvagem

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, por meio da gestão da Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíra (APABG), juntamente com a equipe do Ecoposto da Unidade Conservação e parceiros locais, iniciou o Projeto Bichos da APA Bonfim-Guaraíra, que consiste no levantamento da fauna terrestre presente na região da Lagoa do Bonfim, local de grande relevância hídrica e recreativa, e sede da APA.

Nas últimas semanas, a equipe tem percorrido fragmentos de Mata Atlântica da área e instalado armadilhas fotográficas, um tipo de câmera especial sensível a calor e movimento que faz fotos ou vídeos na presença de algum animal. De acordo com o gestor da APA Bonfim-Guaraíra, Paulo Marinho, “com o projeto pretendemos melhorar o conhecimento biológico sobre a Unidade de Conservação, e também sensibilizar os atores locais e o público em geral, através da divulgação de imagens e vídeos de animais silvestres carismáticos, que podem despertar o sentimento de engajamento com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável”, afirmou o gestor.

O Projeto Bichos da APA Bonfim-Guaraíra está em curso e seguirá realizando o levantamento de dados. Em uma semana de trabalho, os registros permitem afirmar que pelo menos quatro espécies de mamíferos terrestres ocorrem na área: raposa (Cerdocyon thous), tatu-peba – (Euphractus sexcinctus), tamanduá-mirim (Tamandua tetradactyla) e timbu – (Didelphis albiventris). Além destes, também já foram fotografados nos fragmentos florestais próximos ao Ecoposto da Unidade de Conservação, uma ave a jacupemba (Penelope superciliaris) e um lagarto de grande porte, teju ou teiú (Salvator merianae).

 “Os primeiros resultados são animadores, foram encontrados justamente onde são realizadas atividades de educação e sensibilização ambiental, através das trilhas feitas com alunos de escolas da região, o que só reforça a relevância do trabalho executado pela gestão da UC, em cooperação com os parceiros locais em prol da conservação da biodiversidade”, explicou Marinho.

Para realização do projeto, a gestão da UC conta com o apoio de proprietários e moradores da região, como o caso do membro do Conselho Gestor da APA Bonfim-Guaraíra, Marcos Lopes.

APA Bonfim-Guaraíra

A Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíra é a maior Unidade de Conservação Estadual em ambiente terrestre, cobrindo mais de 42 mil hectares em seis municípios da região do litoral leste do estado. Criada em 1999, com os objetivos principais de proteger e preservar a Mata Atlântica e os seus ecossistemas associados, os recursos hídricos e a fauna e a flora nativa, aproximadamente 40% da unidade de conservação é coberta por vegetação nativa remanescente.

A APABG está presente nos municípios de Tibau do Sul, Goianinha, Arês, Senador Georgino Avelino, Nísia Floresta e São José de Mipibu, localizados no litoral oriental do Rio Grande do Norte.

Ele1 - Criar site de notícias