Domingo, 20 de Junho de 2021 23:56 84 98733 4107
Dólar comercial R$ 5,07 0.92%
Euro R$ 6,02 +0.62%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.88%
Bitcoin R$ 187.657,4 -1.419%
Bovespa 128.405,35 pontos +0.27%
Economia Empresas

Controladoria nas empresas diante da crise econômica

Essa é uma ferramenta essencial para ajudar as empresas, inclusive, na tomada de decisões

02/06/2021 14h45 Atualizada há 3 semanas
34
Por: Adrovando Claro Fonte: Daiana Barasa
Controladoria nas empresas diante da crise econômica

No Brasil, estamos vivenciando uma crise que tem durado mais do que se esperava, muitos negócios, especialmente as PMEs se encontram em grandes dilemas sobre como permanecer no mercado.

Com mais de 35 anos no mundo corporativo e atuando em consultoria a empresas desde 2015 à frente da MORCONE Consultoria Empresarial, hoje trago um artigo sobre o valor da controladoria em tempos de crise. A controladoria na gestão dos custos se tornou uma das principais necessidades nesse cenário de crise, ainda mais com diversas medidas sendo constantemente editadas pelo governo para a contenção de danos nesse momento complexo enfrentado no país. Os gestores e gestoras passaram a necessitar cada vez mais de ajuda para analisar o que vale a pena praticar ou não para manter a empresa no mercado.

O que tenho enfatizado nos últimos artigos é que não basta sobre(viver) no mercado, é preciso crescer, expandir, e sim, isso é possível, com as devidas estratégias e cuidados.

Controladoria é crucial em tempos difíceis

Para se tomar uma decisão, uma organização necessita de informações e de uma análise precisa, uma decisão baseada em informações inconsistentes, por exemplo, pode levar a empresa a grandes problemas. A controladoria tem como importante função dar suporte à administração do negócio, com base em informações claras e estruturadas, que garanta tomadas de decisões que possam ser desenvolvidas e trabalhadas no dia a dia organizacional.

O profissional que lida com a controladoria, Controller, tem como principal função estruturar o sistema de informações gerenciais. Por meio desse suporte, a empresa consegue alinhar todos os seus processos internos, consegue definir os seus indicadores de desempenho em que os dados das atividades da organização são transformados em informações estruturais que vão ajudar nas estratégias para o processo de decisões no negócio.

Apoio de Controladoria externa ao negócio

Nesse ambiente complexo que estamos vivendo no Brasil, há um tipo de controladoria autônoma que tem ganhado cada vez mais força. Quando a empresa se sente perdida, o gestor já não sabe mais o que fazer, é possível contar com um profissional especializado que possa assumir o papel de Controller, com a função de organizar os processos e favorecer a correta tomada de decisões.

A controladoria em tempos de crise é importante e muitas empresas, pelo volume de problemas, pode sentir que não se trata de algo tão urgente assim. Já atendi empresas de diferentes segmentos e portes, cujo problema estava especificamente sobre a controladoria, que gerava desestabilização nos processos do negócio. A empresa muitas vezes conta com um grande volume de dados (informações), mas não consegue uma análise assertiva, ou seja, não existe um devido aproveitamento dessas informações para nortear o negócio. Empresas sobrevivem nesse cenário caótico, quando existe um equilíbrio entre processos, pessoas e sistemas. Não existe mágica no campo empresarial, tudo é resultado de ações tomadas diariamente.

Uma perfeita controladoria em tempos de crise é a chave de permanência de muitas empresas no mercado, claro que unida a outros fatores. O que mais ouço quando uma empresa me chama é: está tudo uma bagunça! E nesse cenário nada acontece, as coisas não se resolvem por si mesmas. Reconhecer que está um caos e que não há ninguém apto no momento a ajudar a solucionar, é o primeiro passo para organizar os processos de gestão no negócio.

Sua empresa está uma bagunça? Você não sabe o que fazer, por onde começar a mudar? Peça ajuda. Não espere as coisas piorarem. Nada irá se resolver por si mesmo. 

Carlos Moreira - Há mais de 35 anos atuando em diversas empresas nacionais e multinacionais como Manager, CEO (Diretor Presidente), CFO (Diretor Financeiro e Controladoria) e CCO (Diretor Comercial e de Marketing). É empresário há mais de 15 anos e sócio e fundador da MORCONE Consultoria Empresarial.

 

Ele1 - Criar site de notícias